Depressão

O dia começou nublado, meio sem sentido ou algo que me faça sorrir. Sentimento estranho esse, mas ele está aqui, não tem como negar. Por que ele não vai embora? Não quero isso para mim.

Afinal, quando a gente fala de depressão todo mundo se sensibiliza com a situação, ninguém quer estar em nosso lugar. De acordo com a Organização Mundial da Saúde* (OMS), a depressão situa-se em 4º lugar entre as principais causas de ônus, respondendo por 4,4% dos ônus acarretados por todas as doenças durante a vida. Ocupa 1º lugar quando considerado o tempo vivido com incapacitação ao longo da vida (11,9%). Forte isso, de verdade.

Então, isso significa que isso não é um problema só meu. Mas, também, não fala do motivo desse sentimento ruim. Importante é saber de onde ele vem e o que o mantém. O diagnóstico da depressão é clínico, feito pelo médico após coleta completa da história do paciente e realização de um exame do estado mental. Não existe exames laboratoriais específicos para diagnosticar a doença mental. Sim, a depressão é uma doença.

Ao assumir o problema, você assume que há solução. O essencial, sempre, é seguir à risca o tratamento. Você cuida de você, assim como eu quero cuidar de mim. Vai valer muito a pena.  

* Fonte: https://saude.gov.br/saude-de-a-z/depressao