Síndrome do Pânico

Eu quero fechar os olhos. Sinto medo. Sinto tanta coisa que tenho vontade de correr ou me esconder. Eu não sei bem o que quero. Só queria me sentir protegido, acolhido, não queria estar passando por isso, mas não tenho controle, sinto isso quase sempre. O meu corpo sente coisas que eu não gosto.

Sinto repentina e inesperadamente crises de ansiedade aguda, marcadas por muito medo e desespero, associadas a sintomas físicos e emocionais aterrorizantes, onde alguns minutos se tornam a eternidade.  Eu sei, o melhor caminho é buscar entender o que está acontecendo. Conversar com alguém que entenda o problema e saiba orientar. Mas, meu coração está disparado.

Eu preciso de ajuda, eu quero ajuda, eu realmente aceito ajuda. Eu quero me superar e transformar esses momentos difíceis em sentimentos bons. É o meu desejo.